Uma das maiores vantagens da temporada de entrega de estatuetas, é  termos um preview de tudo o que as maisons de alta costura vêm preparando para a estação. Adoro poder ver cada evento desses como termômetros indicadores de tendências para a moda black tie.

Domingo foi a vez do Golden Globes Awards, que além de um dos maiores prêmios da indústria de entretenimento, é um ótimo motivo para celebridades do cinema e da música desfilarem todo o seu glamour. Vocês já devem ter visto a lista de best dressed por aí (é só colocar no Google que encontrará entre elas Kate Hudson, Jennifer Lawrence, Emily Blunt), então vamos ao que interessa: no que iremos nos inspirar na hora de escolher o vestido pra um casamento ou uma festa mais arrumada?

Minimalismo

A elegância sóbria nos looks foi o que mais me chamou atenção. Nada de estampas, maxi colares, nem super fendas com pernas a procura de flashes – ok, algumas ainda não abandonaram o clã Angelina Jolie, mas vamos combinar que a Hale Berry está longe de ser referência de estilo (quem não viu, vale a pena dar um Google). As minimalistas se destacaram pela delicadeza ao dosar decotes, jóias e acessórios.

Cauda sereia

A tendência que dominou a noite foi o vestido com cauda. A silhueta que marca bem o quadril e abre na altura do joelho veio em várias versões, com destaque pra Taylor Swift e Jessica Alba.

Recortes

As mais ousadas – e mais magras – acertaram em cheio ao optar por vestidos com recortes! Super clássicos sem perder a pegada sexy, eles vieram do dourado ao preto desde o decote até a barriga.

Acessórios nas cinturas

Uma ótima escolha foram cintos e faixas para marcar a cintura, detalhe que dá uma quebrada e ainda mantêm toda a elegância se usado da forma correta. Dica: lembre do minimalismo no black tie, opte por um simples e liso se o vestido já for cheio de detalhes.

E aí, prontas para a festa?

 

Usar um vestido por cima de calças. Pode parecer estranho em um primeiro momento, mas a tendência mal saiu das passarelas e já foi direto para o tapete vermelho. A atriz Emma Watson estreiou o Dress Over Pants, também chamado de DOP, na premiére do seu último filme, “The Perks of Being a Wallflower” – traduzido para o português como As Vantagens de ser Invisível.

O Dress Over Pants foi figurinha repetida nas passarelas internacionais como promessa para as coleções de primavera 2013. Diane Von Furstenberg, Missoni, Givenchy, Lanvin e Céline foram alguns designers que investiram na tendência para a próxima estação, seja em um mix de estampas ou em looks monocromáticos. A principio parece loucura, mas quando a gente vê um look lindo igual a esse da DVF dá até vontade de tentar né?



Será que essa moda pega?