A pergunta que não quer calar é como alguém consegue fazer com que uma casa de 50m² seja funcional e ao mesmo tempo tenha ambientes que pareçam amplos e espaçosos.

O projeto da pequena, bela e muito bem aproveitada casa, é do escritório de design de interiores de Jessica Helgerson.

Além de utilizar produtos sustentáveis, a casinha foi projetada da melhor maneira possível, é impressionante. Vocês podem achar que não, mas não falta nada aí dentro.

Let’s check?

Untitled-2

Untitled-1

Untitled-3

E aí, gostaram?

Eu moraria aí feliz, sem tirar nem por!!

Além de muito bem pensada, o capricho e bom gosto são indiscutíveis.

Até a próxima!

Que tal dar uma renovada na cozinha?

Eu particularmente amo o ambiente e amo comer, infelizmente só não posso dizer que sei cozinhar.

De qualquer forma, mesmo para os que não mestres cucas, não existe nada mais gostoso do que uma cozinha bem decorada e aconchegante que faça parecer que estamos até em outro ambiente da casa, concordam?

Para inspirar vocês a dar esse “up”, vejam abaixo a cozinha que me apaixonei:

hannah-brauer

Adorei a combinação da parede vermelha com a marcenaria toda em tom de cinza.  Apesar da ousadia de cores, achei o ambiente bastante sóbrio e chique.

hannah-brauer

Os armários com vidros jateados são sempre bem vindos para que as coisas não fiquem tão a mostra.

Essa luminária na parede, além de iluminar, deu uma bossa e achei que combina bastante com a característica do ambiente. Sobre a flor não preciso nem falar, né? Arranjos são sempre indispensáveis em qualquer ambiente da casa para dar um toque a mais.

hannah-brauer

Sou fã dessas luminárias de estilo industrial, são perfeitas para colocar na copa ou também em outros ambientes.

O mobiliário branco na minha opinião foi a melhor escolha para o local. Assim dá pra mesclar tecidos alegres e bem coloridos nas almofadas e no futon.

hannah-brauer

Qualquer detalhe e capricho são sempre muito bem vindos.

A cor da parede com o aço inox, ainda mais com a palhinha, transformou esse cantinho em puro charme.

Até terça.

 

 

Os pergolados são estruturas de madeira usadas no paisagismo, uma ótima pedida nas áreas externas! Principalmente quando protegidos com algum fechamento que não deixe o ambiente vulnerável ao sol e algumas vezes até mesmo em relação à chuva.

Essa estrutura em questão, quando vazada, ajuda na proteção contra o sol, porém dependendo do ambiente e da distância entre as ripas, o pergolado não passa de algo que é mais positivo esteticamente.

Foto: Assim eu gosto

Vejam abaixo algumas opções de fechamento pelas quais sou perdidamente apaixonada:

pergolados com varinha de bambu autoclavadas

Os pergolados produzidos com varinhas de eucalipto autoclavado da Fibra Nativa que são lixadas, seladas e envernizadas com verniz marítimo fosco, além de maravilhosos são resistentes ao tempo e imune à praga.

Uma saída ainda mais bonita do que essa é o fechamento em fibras de dendê, também produzidos pela Fibra Nativa. Além dos pergolados, elas são muito utilizadas como forro em ambientes fechados.

Vejam abaixo alguns exemplos e se apaixonem ainda mais:

E aí, gostaram?

O post de hoje sairá um pouco do padrão normal e servirá também como uma dica que aposto que qualquer mortal irá se apaixonar: o Fasano. Para quem já teve oportunidade de conhecer alguma de suas filiais, só o nome já dá água na boca.

A versão que foi projetada pelo arquiteto brasileiro Isay Weinfeld é a primeiro da rede a ser construído em áreas de campo brasileiras.

Seguindo o mesmo padrão contemporâneo de todos os já existentes, os quartos possuem vistas panorâmicas, porém com todo o charme de um resort campestre.

Situado em um dos mais altos pontos da propriedade e com vista para um dos lagos, o edifício do Hotel é definido por uma grande estrutura horizontal, composta por duas alas simétricas que trazem uma linearidade e um conforto imenso aos olhos de quem vê.

A arquitetura que abusa de forma positiva da madeira, da pedra, do vidro e do tijolo, tem uma elegância ímpar. No interior, o piso mais utilizado foi o de madeira Peroba mica e os tetos são tratados com a madera freijó. A pedra utilizada é a pedra Modelo, que em encontro com a madeira dá uma impressão de aconchego que todo hóspede procura em um Hotel.

Quem acompanha o site, sabe um pouco sobre os detalhes que citei acima, certo? Afinal, já escrevi um pouco sobre as vigas de madeira aparentes e sobre os pisos de madeira de demolição, que nesse caso foram substituídos pela Peroba.

Hoje vou incluir a parede de tijolinho, que é uma das minhas paixões. Elas foram utilizadas como revestimento de parede nos quartos do Hotel, mas podem ser também escolhidas para fazer parte da sua casa, o que acham?

Vejam abaixo alguns exemplos que ficam lindíssimos:

E então, gostaram?

Depois desse post, estou louca para conhecer essa maravilha no interior de SP.

Até terça.

Por que não deixar as vigas aparentes?

Para os que não sabem o significado da palavra viga:

s.f Peça oblonga de madeira, ferro, concreto, usada geralmente como suporte em construção.

Ou seja, é a peça estrutural horizontal que vocês verão nas fotos a seguir repetidamente e espaçadamente.

Normalmente as vigas ficam escondidas atrás do acabamento do teto. Seja ele o teto de gesso ou qualquer outro tipo.

Eu particulamente acho super bonito deixar as vigas e até mesmo os pilares aparentes pois além de mostrar a origem da estrutura da construção, traz um aspecto mais rústico e diferente do que todos estão aconstumados ao ambiente.

Vejam abaixo mais algumas fotos como inspiração, e como vocês irão perceber, em uma das fotografias a viga serviu até como apoio para o guarda corpo da escada. O legal é poder brincar com a estrutura sem que ela perca a sua identidade.

E então, o que acharam?

Até terça.

O assunto de hoje são as bibliotecas particulares em casa.

Quem gosta muito de ler ou até mesmo de colecionar livros sabe do que estou falando. É muito difícil ter espaço suficiente para guardar grandes coleções de livros com cuidado e organizadamente, concordam?

Quando pensamos em biblioteca, o que vem em mente são aquelas gigantescas e que precisam de muito espaço. Mas nada que um cantinho livre e a criatividade não resolvam.

Vejam abaixo diferentes soluções:

Vou aproveitar o embalo do assunto em questão para indicar dois livros que o meu namorado me deu de aniversário e me ajudam bastante como fontes de inspiração. Tenho certeza que será um ótimo meio de inspiração para qualquer mudança que vocês queiram fazer em suas casas no que for relacionado a decoração:

Até quinta!

Depois das datas festivas de final de ano estou de volta e cheia de novidades. Hoje o assunto em questão é o ladrilho hidráulico. Vocês já conhecem?

Nessa semana que passou, estive em Itaipava – RJ e estive em algumas lojas que vendem esse tipo de ladrilho. Sempre gostei muito desse revestimento, mas dessa vez fiquei impressionada com a variedade de estampas que encontrei.

Há algum tempo venho sonhando em colocar no piso da cozinha, mas tenho que admitir que não havia pensado na possibilidade de colocar o ladrilho estampado, e somente o colorido liso mesclando duas cores diferentes. Mas por que não ousar já que o efeito é incrível?

Vejam abaixo uma seleção de fotos que fiz para vocês terem uma idéia melhor do resultado da aplicação em diferentes ambientes:

ladrilhos-na-sala

ladrilhos-nos-banheiros

ladrilhos-na-cozinha

Incrível, não é? Mais uma opção pra deixar o ambiente mais descontraído!

Nos vemos quinta!

 

Já pensou na possibilidade de pintar a sua porta em uma cor vibrante e alegre? A porta de entrada já diz muito sobre o que se pode encontrar dentro do ambiente, então por que não ser um pouco ousado e trazer mais de alegria para sua casa e até mesmo para as ruas de sua cidade?!

Quando eu estava saindo da minha visita ao High Line em NY, pude notar nas ruas do Village uma quantidade significativa de casinhas já adeptas à essa modalidade e isso de fato foi o que me inspirou a escrever sobre isso.

Em alguns países da Europa e nos Estados Unidos isso já é bastante comum e aposto que vocês já devem ter visto em alguma viagem pelo mundo mas nunca pararam para pensar na possibilidade de fazer parecido.

Pode ser azul, laranja, rosa, verde, mas eu já percebi que as cores preferidas para isso é o amarelo e o vermelho. Acho que se eu tivesse que escolher para a minha casa, ficaria na dúvida entre o amarelo gema, um azul bem forte e escuro ou até mesmo um laranjão. Imagina um muro todo em cimento queimado ou concreto e um porta colorida para dar um contraste. Nada mal…

Além de fazerem sucesso como protagonistas na entrada de casa, elas também estão cada dia mais presentes no interior. Vejam uma seleção de portas amarelas, porém que se encontram em diferentes ambientes da casa.

Gostaram? Eu sou apaixonada, inclusive mandei fazer uma de correr para fazer a divisão do corredor social para a cozinha na casa de um grande amigo e cliente. Escolhemos ela em laca amarela, ficou um show! Vejam as opções de cores no catálogo para vocês terem uma idéia:

Tivemos que fazer com caixonete ao invés de trilho com roldana, pois o teto de gesso está muito próximo ao alizar da porta, não tendo espaço suficiente para instalar o trilho.

Uma dica: Laca é uma boa opção para fazer esse tipo de pintura interna pois além de ter uma durabilidade boa e acabamento incrível, a Sayerlack tem um leque de cores enorme, possibilitando a escolha da cor desejada.

Até terça!

A madeira de demolição está sendo cada vez mais utilizada no mundo da arquitetura e da decoração, se tornando uma forte tendência como revestimento de pisos e paredes. Além de ecológico, por ser reaproveitada de antigos casarões, pontes, galpões, trilhos de trem desativados entre outros, as tábuas de madeira trazem para o ambiente uma impressão de acolhimento, rusticidade e até mesmo requinte. Já ouvi algumas pessoas dizerem que jogaram madeira antiga no lixo por acharem que estavam podres. Nada disso, às vezes a madeira está em ótimo estado e só precisa de uma “guaribada”.

Esse tipo de madeira pode ser utilizado de diversas maneiras, e em diferentes ambientes. Fiz abaixo uma seleção para vocês avaliarem.

E aí, o que acharam? Eu particularmente estou cada dia mais adepta e apaixonada por essa maneira de revestir. Até em móveis, portas e em bancadas de lavabo pode ficar lindo e super diferente.