RED CARPET: MET GALA

Hello, meninas!

Um dos red carpets que mais amo acompanhar é o MET GALA. O baile é organizado pela Anna Wintour, da Vogue Americana, com o Metropolitan Museum of Art e acontece no próprio museu, uma vez por ano.

O MET sem dúvidas é o tapete vermelho com mais referências de moda, inclusive trás com ele tendências que virão e influenciando marcas e estilistas nas suas criações.

O tema esse ano foi “Heavenly Bodies: Fashion and the Catholic Imagination”  – (“Corpos Sagrados: Moda e A Imaginação Católica”), o tema explorou o tema da igreja católica, trazendo referências góticas entre a moda e a igreja. Adorei acompanhar os looks e identificar referências por trás de cada um deles.

Alguns dos meus looks preferidos:

Blake Lively arrasou na escolha e segurou incrivelmente bem esse Versace de cair o queixo! O vestido foi assinado pela Donatella Versace, uma das anfitriãs da noite, demorou mais de 600 horas para ser feito e ainda precisou de um ônibus fretado para transportá-lo! Puro poder! Rs.

Amei os detalhes de diversos cristais e brilhantes e a saia bordada, uma referência ao traje usado por alguns membros da Igreja.

Jennifer Lopez, surpreendeu com o novo corte de cabelo, super curto! Amei!

 Jennifer Lopez (Foto: Getty Images)

O look escolhido foi um Balmain todo bordado em pedras com uma super cruz no meio, trazendo o tema da noite á tona. Amei a escolhas das jóias, todas Tiffany&Co <3

 Rihanna (Foto: Getty)

Rihanna como sempre roubou a cena do tapete vermelho e foi impossível se decepcionar com a escolha da anfitriã! Inspirado nas vestimentas do Papa, o look assinado por John Galliano de Maison Margiela e colar da Cartier datado de 1934, foram um dos mais comentados da noite. Além de dar um show de referência, Riri arrasou na escolha! Amei!

amal e george clooney met gala 2018 0518 400x1382

Amal Clooney ousou super no look! De costas um vestido e de frente uma calça skinny, um máximo!

Super me identifico com a Amal, ela é uma mulher mega moderna, de traços fortes no rosto, morena e com uma super personalidade!

Pelas mãos de Richard Quinn, o saião longo e bufante, criado com um fundo azul estampado com muitas flores, representou os vitrais das igrejas católicas e foi preso à cintura de Amal voltado apenas para a parte de trás, deixando as outras peças do look à mostra na parte da frente. Amei a modernidade do look!

Idealizados por Pierpaolo Piccioli, diretor criativo da Valentino, os vestidos de Anne Hathaway e Frances McDormand entraram na minha lista de favoritos do MET! Além das referências, amei a composição de cores que está mais em alta no momento: o azul e o vermelho em complemento.

Um super dica para quem estiver em Nova York: A exposição fica até 8 de outubro no MET , traz diversas vestimentas vindas diretamente do Vaticano e conta a história da influência da Igreja Católica na moda ao decorrer dos anos. Imperdível!