melhores restaurantes de paris

Melhores restaurantes de Paris

Oi meninas!

Finalmente consegui juntar minhas dicas de restaurantes de Paris pra vocês. Fiz uma listinha com os meus preferidos, entre os mais antigos e tradicionais da cidade e os mais atuais e badalados também. Vem conferir e me contem o que acharam.

Trendy/Badalados:

L’Avenue: É cliché, mas eu amo! Provavelmente o restaurante que eu já fui mais vezes, principalmente pra almoçar durante semana de moda. Pensa em um lugar com gente linda + ambiente gostoso, amo ficar na varanda. Já encontrei Kendall Jenner, Gigi Haddid, Chiara Ferragni… É o lugar das celebs! O menu não é incrível (o cardápio é o mesmo dos restaurantes do grupo Costes) mas adoro a batata frita (fininha e super crocante) com o steak tartare ou a lagosta. 41 Avenue Montaigne.

Hotel Costes: Mais um restaurante dos irmãos Costes, se eu não me engano esse foi o primeiro do grupo. Ambiente super cool, clima delicioso, imperdível – must go! Se o tempo estiver bom, o mais bacana é pegar uma mesa no pátio interno. Não precisa se arrumar muito, é o tipo de lugar chic despojado, menos é mais! 239-241 Rue Saint Honoré.

La Societé: Fica em um dos meus bairros preferidos de Paris, Saint-Germain! Ótimo pra almoço ou jantar, com vibe animada. E eu amo que ele é daqueles super discretos… quem não conhece, passa despercebido. Desses restaurantes speak easy que não tem fachada… Dá um ar mais aconchegante, sabe? Esse é outro do grupo Costes – super badalado, gente bonita, ambiente gostoso e a comida de sempre kkk. 4 Place Saint-Germain dês Prés.

melhores restaurantes de paris

Manko: O restaurante do momento! Must go total. Mix de bar/cabaré/restaurante na Avenue Montaigne. Inaugurado por um chef mundialmente conhecido como embaixador da cozinha peruana. Fica lotado, não dá dá pra ir sem reserva! Bomba a partir das 22hrs. 15 Avenue Montaigne.

Kinugawa: Super dica de restaurante japonês em Paris! A cozinha é asiática e contemporânea, uma delícia. O preço é bem justo e o décor é mais moderno, minimalista. É conhecido como o restaurante favorito de Karl Lagerfeld, ele está sempre por lá.

Ober Mamma: Tô louca pra ir nos novos restaurantes italianos do grupo Big Mamma – são os atuais must go em Paris! O Ober Mamma está sendo super bem falado, tanto pela massa trufada quanto pela pizza de Nutella de sobremesa (que acompanha um pote de 5 Kg de Nutella para você mesmo passar na pizza!). Ambiente cool, badalado e comida italiana, YUM!

Yeeels: Uma das baladas mais atuais de Paris. Fui para jantar, foi indicação de uma amiga que conhece tudo de mais cool por lá. Mas eu só não esperava que fosse de fato uma balada haha. No andar de cima é mais tranquilo, mas descendo as escadas é do tipo de lugar que não tem como ficar se você não estiver lá para dançar. Fui com a minha mãe e acabamos desistindo por causa da música alta kkk fica a dica para quem quiser um agito. 24 Avenue George V.

Melhores restaurantes de paris

Clássicos

L’Atelier de Joël Robuchon: Um dos melhores chefs do mundo. Adoro sentar no balcão pra ver os pratos serem feitos. Amo esse de Saint-Germain, que é mais charmoso do que o da Champs Élysées.  Hôtel du Pont Royal, 5 Rue Montalembert.

Caviar Kaspia: Não é nenhuma novidade, mas não tem como deixar de fora dessa lista. É um clássico, super chic, fica bem em frente à Madeleine. Ponto de encontro de designers, artistas, modelos… Tem que pedir a batata com caviar que é uma delícia! 17 Place de la Madeleine.

Mini Palais: Ótima opção pra um almoço mais arrumado. É daqueles restaurantes que são uma experiência a parte. Fica dentro do Grand Palais com vista para Ponte Alexandre III, localizado no “Triangle D’Or” (avenue Montaigne, avenue Georges V e avenue Champs Elysées). 3 Avenue Winston Churchill.

Ralph’s: Restaurante dentro da loja do Ralph Laurent na Boulevard Saint Germain. O que eu mais amo é o ambiente, tem um jardim incrível. É um pouco turístico, mas não podia ficar de fora. Adoro! 173 Boulevard Saint-Germain.

KONG: Ótimo para jantar, tem uma vista linda de Paris a noite com ambiente super moderno, decorado por Phillippe Starck. A comida é maravilhosa, um mix da culinária francesa com a japonesa. Mesmo já tendo sido descoberto pelos turistas e perdido um pouco o charme, continua sendo incrível. 1 Rue du Pont Neuf.

Maison de La Truffe: Clássico, não tem muita badalação, é daqueles restaurantes com pessoal mais velho, pra quem é realmente apaixonado por trufas. É bem quadradão, tem que ir pela comida mesmo, é o melhor lugar para comer trufas em Paris. Adoro o mercadinho, me perco nos azeites trufados, mel trufados, temperos e queijos. (Obs – Pra quem ama trufas mas quer mudar um pouco, tem também o Artisan de la Truffe que é uma opção diferente, mais moderna e mais rápida. Fica em Montmartre!) 14 Rue Marbeuf.

Les Ombres: Fora da rota turística, conheci o Les Ombres na época que passei uns meses em Paris. Desde então me apeguei e volto sempre com amigos e família – minha mãe ama! Fica no rooftop de um museu nada conhecido, o Musée Branly, com paredes de vidro e vista incrível para a Torre Eiffel. 27 Quai Branly.

Monsieur Bleu: Mais um da série com vista para a torre. Esse eu amo muito. Não canso! Moderno, cozinha maravilhosa. 20 Avenue de New York.

Tradicionais

Chez Andre: Como eu amo essa esquina! Se estiver na dúvida de onde almoçar, vai pra lá que não tem erro. Do lado do Le Relais de L’Entrecote e Maison de la Truffe. Amo o fois gras de entrada e os profiteroles de sobremesa. Com certeza vocês já me viram fazendo stories do garçom jogando aquela calda quente de chocolate! Haha eu amo. 12 Rue Marbeuf.

Le Relais de L’Entrecote : Otimo para o almoço! É o restaurante que só tem um prato, bife com batata frita. E a gente ama! Haha. Super tradicional e uma delícia. 101 Boulevard du Montparnasse.

Bon: Fui uma vez para jantar e adorei. Ambiente moderno, com décor do Phillippe Starck, um clima gostoso! Eu pedi o peixe na folha de bananeira, estava demais. Já escrevi um post sobre esse restaurante aqui. 25 Rue de la Pompe.

Melhores restaurantes de paris

Le Dôme du Marais: O ambiente é uma delícia, super francês, chic e trendy, não se vê muitos turistas. Adoro ir aos domingos porque fica no Marais, um dos únicos bairros onde as lojas ficam abertas. O brunch de domingo é uma delícia por lá! 53bis Rue des Francs Bourgeois.

La Cigale Recamier: O melhor soufflé de Paris! Adoro o ambiente no almoço. Fica do lado da loja de departamento Le Bon Marché, ótima opção depois de umas comprinhas por lá haha. E anotem a melhor sobremesa: soufflé de caramel au beurre salé. Demais! 4 Rue Récamier.

La Grande Épicerie de Paris: Esse não é restaurante, mas não podia ficar fora desse post gastronômico. É o departamento de gastronomia do Le Bon Marché, que fica localizado no outro lado da rua, em frente a loja. Um parque de diversões pra quem ama aventuras na cozinha haha. 38 Rue de Sèvres.

Melhores restaurantes de paris(14)Cafés

Ladurée: Clássico e parada obrigatória. Não pelo chocolate quente (acho meio enjoativo), mas pelos macarrons e docinhos, que muitas vezes volta comigo pro Brasil! Haha.  75 Av. des Champs-Élysée.

Angelina: Meu chocolate quente preferido de paris! O ambiente é uma delícia pra tomar café da manhã ou um lanche a tarde. Fica perto do Jardim des Tuilleries, na Rivoli, super dá pra combinar os dois programas! 226 Rue de Rivoli.

Café de la Paix: Super tradicional, amo o clima histórico que ele tem, você entra e parece que já está em outra época. Fica ao lado da Opera Garnier e da Galeries Lafayette, ótimo para almoçar e depois emendar em umas comprinhas. 5 Place de l’Opéra.

Melhores restaurantes de paris

Café de Flore: Dispensa apresentações. Ah, o mais legal é pegar uma mesa na calçada, pra assistir o movimento em Saint-Germain! Uma coisa que muita gente não sabe, o Café de Flore também bomba a noite. Fica do lado do Montana, que é uma das boates mais badaladas por lá atualmente, então antes de entrar, o pessoal senta ali para tomar drinks e petiscar. 172 Boulevard Saint-Germain.

Les Deux Magots: Meu café preferido! Acho o ambiente mais gostoso do que o Café de Flore. Ficam literalmente na mesma esquina, a concorrência aqui é boa! Haha. De novo, a dica é pegar uma mesa na calçada.  6 Place Saint-Germain des Prés.

Le Castiglione Café: Nada imperdível, mas é um clássico, não pode faltar aqui. Super conhecido pelo pessoal da moda, é ótimo pra almoçar perto da St. Honoré depois de andar um pouquinho por ali. 235 Rue Saint Honoré.

Melhores restaurantes de paris(13)

E aí, aprovados? Quais outros vocês amam que poderiam estar nessa listinha?