Dicas de restaurantes em São Paulo

Vocês sabem o quanto eu amo conhecer lugares novos e dividir com vocês dicas que valem a pena! Sempre que vou a São Paulo, mesmo durante a SPFW, tento ir no máximo de restaurantes que consigo. Acho o máximo isso de lá, essa variedade enorme de opções, lugares que a gente descobre e que nunca tinha ido antes. Apesar de ir bastante para SP – é muito bate-volta a trabalho – as vezes acabo não conseguindo ir nos lugares mais tradicionais tanto quanto gostaria. Os que coloquei aqui são os que consegui ir nas minhas últimas idas a cidade. Amei cada um deles, em seus estilos diferentes!restaurantes_01

Nesse dia fui jantar no restaurante japonês Ohka com a Tete Feder, mais nova e gatíssima blogueira do FHits. Quando vou em japa, sempre escolho o Nakka (outro restaurante japonês ótimo lá em SP, anotem aí), mas dessa vez fui na dica da Tete e amei o Ohka. Me surpreendeu pelo ambiente animado e por ter um clima animado, meio baladinha sabe? Eu já sabia que lá era super conceituado e de fato a comida é um escândalo de boa, surreal mesmo!

restaurantes_02

Um dia desses, fui almoçar no Mercearia São Roque, que é um dos restaurantes mais tradicionais de São Paulo. Não achei a comida tão incrível, mas o ambiente é super bacana, ao ar livre e é super bem movimentado. Quando vai anoitecendo o pessoal que vai sair para noite chega para tomar uns drinks e começa o agito. Comemos salada, carpaccio e ficamos bebendo caipirinhas e chopp! Delis!

restaurantes_04

Next restaurant: Manioca! Fui jantar com uma amiga minha que mora em SP e ela me apresentou o restaurante (que é do mesmo dono do Maní) e recém inaugurado, deve ter uns 6 meses. No início fiquei com receio por ser dentro de shopping e não ter um clima tão cool pra noite (aqui no Rio a gente já fica com o pé atrás né?) mas gente, lá não tem nada disso, o restaurante é simplesmente demais! Fica dentro da livraria Cultura, no Shopping Iguatemi.

restaurantes_03

Por último, o delicioso o restaurante Due Cocchi, onde fui almoçar antes de ir para o aeroporto. O forte são as massas frescas (pra jacar mesmo tá? rsrs) em um ambiente super tradicional e ao mesmo tempo moderninho. Pedimos uma burrata de entrada e o prato principal foi um food porn total, pirei de verdade! Não comia uma massa boa assim há muito tempo, melhor prato! Bomba calórica, mas daquelas que valem muito a pena: rigatoni ao forno recheado de mussarela de búfala e funghi com parma crocante.

Gostaram das dicas? Fiquem atentas que em breve terão muito mais!